Kyra Piscitelli

Kyra Piscitelli - é jornalista e crítica de teatro. Atualmente é vice-presidente da APCA, apoia o desenvolvimento de projetos culturais por meio das redes sociais e colabora com veículos e guias.

1.

Benditas Mulheres

O terceiro texto encenado de Célia Forte traz o universo feminino por meio do encontro de três atrizes e uma camareira, em uma coxia de teatro. Com direção de Elias Andreato, a peça brilha por retratar o cotidiano de Vanda, a diretora (Vera Mancini), Helena e Sara, as duas atrizes (Carol Rainatto e Maria Pinna) e Otila, a camareira (Claudia Missura). Com humor leve e um show de atuação de Claudia Missura, a peça é uma declaração de amor ao teatro e ao maravilhoso ordinário de nossas vidas. Sem uma grande reviravolta dramática, o espetáculo diverte e cativa pela identificação que gera na plateia. Entre os triunfos de “Benditas Mulheres” está o olhar para os invisíveis, como são os casos das camareiras que ficam atrás do palco e realizam um importante trabalho para que o espetáculo aconteça a cada apresentação. Assim como na arte, a vida é feita de muitos personagens que tornam possível a roda girar e merecem ser aplaudidos. Um espetáculo sobre relações, histórias, sonhos e teatro que vale ser visto.