Teatro

HILDA E CAIO

Peça ficcional baseada em episódios e personagens reais. No início da década de 70, perseguido pela ditadura civil-militar em virtude de sua literatura homoerótica, Caio Fernando Abreu exila-se na Casa do Sol, residência campestre de Hilda Hilst em Campinas, antes de fugir para a Europa. Diante dos acontecimentos recentes, ele decide parar de escrever e acaba confrontado pela amiga, que, mesmo desencantada pela falta de leitores e pela crise editorial, acredita que os dois têm a missão de continuar produzindo literatura.

Ficha Técnica:

Texto e direção: Kiko Rieser.
Elenco: Lavínia Pannunzio e André Kirmayr.

Serviços:

Dia 15/05, 21hTeatro Arthur Azevedo – Av. Paes de Barros, 955. Alto da Mooca. T. 11 2604.5558.
Dia 22/05, 21hTeatro Paulo Eiró– Av. Adolfo Pinheiro, 765. Santo Amaro. T. 11 5546.0449.
Gratuito (retirar ingressos com 1h antes na bilheteria).
65min. 12 anos.