Teatro

TEATRO MÍNIMO

Série de espetáculos intimistas baseados essencialmente no trabalho de interpretação do ator, trazendo textos de autores consagrados e de novos dramaturgos, que tenham como foco o trabalho de expressividade do intérprete.

Até 04/02, sexta, 21h30; sábado e domingo, 18h30Contra Xawara – Deus Das Doenças Ou Troca Injusta. Criado para manifestar uma crítica acerca das Primeiras Colonizações Européias (virulentas e bacterológicas), as quais também mataram tantos indígenas desde 1492. Xawara, deus das doenças na cosmovisão Indígena Yanomami, é representado nessa performance por um cocar com mais de 120 seringas feito pelo artista Juão Nyn e que retrata essas violências que vez ou outra voltam. Dramaturgia, elenco e direção: Juão Nyn. 60min. 14 anos.
Estreia 23/2, sexta, 21h30; sábado e domingo, 18h30 Hileia: Semeadora das Águas O projeto em desenvolvimento desde 2018, nasce da necessidade de um deslocamento artístico-criativo para território(s) – outros mundos – das encantarias dos rios e águas. Traz como ponto de partida a história real do avô da atriz performer Juliana Pardo, que foi carreiro de boi e que coletava águas de rios em pequenas garrafinhas de vidro. O avô colecionava rios, e sempre bebia um pouco dessas águas engarrafadas durante sua vida. Com Cia Mundu Rodá. Dramaturgia: Dione Carlos. Elenco: Juliana Pardo. Direção: Ana Cristina Colla. 60min. Livre.

Serviços:

Sesc Ipiranga /  Auditório –  R. Bom Pastor, 822. Ipiranga.
T. 11 3340.2000.
R$40.
https://www.sescsp.org.br/unidades/ipiranga/